skip to Main Content
4 Características Do Papel Que Influenciam Na Qualidade Da Impressão

4 características do papel que influenciam na qualidade da impressão

Independentemente da finalidade, relatórios, panfletos, cartões ou fotografias, a qualidade da impressão vai depender do tipo de papel escolhido. Ou seja, fatores como cor, textura, peso e formato, influenciam diretamente no resultado do seu material gráfico, então para conseguir um efeito final satisfatório para você e também para o seu cliente, ficar atento a esses itens é fundamental.

Cor

A cor do papel é muito importante quando o assunto é o impresso. Papéis reciclados que geralmente têm um tom um pouco mais amarelado ou aqueles que não são totalmente brancos causam diferenças quando são aplicadas algumas cores. Isso ocorre porque os tons escolhidos para a impressão sofrem interferências devido a coloração do papel o que pode causar variações que prejudiquem a obtenção do efeito desejado.

A tinta offset, também dá maior destaque a cor do papel quando impresso, pois ela possui transparência, dependendo da quantidade de retícula em determinado ponto. Desse modo, é muito importante saber qual papel será utilizado antes de definir quais as cores que serão aplicadas a sua arte. Após isso, para que dê tudo certo, é preciso misturar os tons de modo que a coloração do papel não modifique o resultado da impressão.

Textura

É a referência ao grau de rigidez do papel, além do seu aspecto, e isso pode influenciar de maneira significativa no produto final. Com isso, mais uma vez é importante saber o que deseja daquela impressão antes de escolher o tipo de papel que será usado. Texturas mais ásperas e irregulares não são aconselhadas para imagens que contenham muitos detalhes. Já as texturas mais lisas trazem uma melhor nitidez para as artes por isso, a escolha deve levar em consideração o efeito esperado.

Peso

Outro aspecto que influencia diretamente na hora de imprimir. Variando entre 50 e 350 gramas, escolher um papel com peso errado pode destruir todo o trabalho. Os mais finos são por consequência menos opacos e por isso se tornam mais transparentes e não devem ser usados para impressões de frente e verso. Os papéis mais grossos, em geral com 350 g, são usados, por exemplo, para a impressão de cartões de visitas. Já os mais finos são indicados para a impressão de folhetos e coisas do gênero. Vale lembrar que quanto mais leve, mais barato é o papel.

Formato

Por fim, o formato do papel também deve ser adequado para o tipo de trabalho gráfico realizado, pois evidentemente ele influenciará no produto final. Por isso, para evitar desperdício de material, o que gera perdas desnecessários para o seu bolso, é importante ter em mente qual o melhor formato para cada tipo de serviço porque escolher errado pode atrapalhar tanto na qualidade do material impresso quanto na satisfação do cliente.

Esses são as quatro principais características do papel que influenciam na qualidade da impressão. Por isso, antes de realizar qualquer projeto gráfico, converse com o seu freguês, para poder escolher a opção de papel mais adequada para o tipo de produto que ele deseja. Assim, o bom resultado estará garantido.

Para impressões de qualidade, procure os serviços da gráfica Nova Brasileira, que já possui mais de 50 anos de experiência no mercado gráfico.

Veja também as 4 dicas de materiais ideais para fidelizar clientes.

Back To Top